Conhecendo Piriapolis

 

O que fazer em Piriápolis

Poucas praias do Uruguai oferecem tanta variedade de atividades e lugares turísticos para desfrutar durante todo o ano. Piriápolis concentra todos os atrativos imagináveis em um só destino: praias variadas, passeios ecológicos, lugares históricos, movimento urbano e vida noturna. O entorno de cerros e a panorâmica Rambla são a carta de apresentação de um listado interminável de atrativos, todos revestidos pela mística de seu fundador, Francisco Piria, quem concebeu a praia a princípios do século XX como o principal resort da América do Sul.

Atrativos de Piriápolis

Praias: A cidade de Piriápolis se situa em um entorno costeiro com mais de 20 km de praia, contanto as pequenas praias localizadas nas proximidades. A praia central de Piriápolis, rodeada pela Rambla e seus comércios, é a mais concorrida da zona e uma das mais populares de toda a costa uruguaia, com muitos visitantes cada dia. Mas também há praias para os que desejam se afastar das multidões: Praia Verde, Praia Hermosa e Praia Grande ao oeste; San Francisco, Punta Fría, Punta Colorada e Punta Negra ao leste, todas com belas paisagens.

 

 

 

Rambla de los Argentinos: A costa do centro de Piriápolis está coroado pela sua emblemática Rambla, o passeio clássico da praia desde duas origens. Para a praia, os cartões postais são incríveis, sobre tudo no pôr do sol. Há bancos ao longo de todo o passeio para admirar o panorama. Para o norte, se estende um passeio comercial onde é impossível não comprar algum souvenir típico. O impressionante Hotel Argentino e o chamativo Hotel Colón são os principais pontos de referencia da Rambla, que também concentra ótimos restaurantes para comer frente ao mar.

Cerro San Antonio: O seu nome oficial é “Cerro del Inglés”, embora todos o conhecem pela capela em sua cima, construída em honra a San Antonio. É o cerro mais próximo a Piriápolis, com muitas residências na base. O mais comum é subir de carro, contudo também é possível ascender em teleférico (partem da zona do porto) ou caminhando. São comuns as peregrinações que passam pela Virgem de Stella Maris até chegar à imagem de San Antono, venerado por pessoas que procuram namorado. O panorama da cima (a 135 metros de altura) é incrível.

 

 

Cerro del Toro: Outro passeio tradicional, elevado 250 metros que podem ser subidos caminhando. Sendas e escadas rodeadas de vegetação nativa levam a emblemática Fuente del Toro, um toro de ferro de tamanho natural com o que todos querem ter uma foto. Aos pés do cerro, em uma das praças mais chamativas da praia, está a Fuente de Venus, réplica da que existe na cidade italiana de Villa Paravicini.

Castillo de Piria: A lendária residência de Francisco Piria fica nas aforas da cidade, sobre a Rodovia 37 que conecta Piriápolis com Minas. Já desde fora a construção impacta com sua arquitetura de inspiração medieval e seus grandes jardins. No interior funciona um fascinante museu que recria os ambientes onde habitou Piria. Também se exibe material documental sobre a história da praia. Há percorridas guiadas que permitem entrar em contato com as lendas em torno ao mítico criador de Piriápolis, quem dedicou parte de sua vida à arte da alquimia. A empresa Guscapar tem ônibus que partem do Terminal da praia e param na porta do Castelo

 

 

 

Paseo de la Pasiva: Os amantes dos artesanatos e dos objetos de arte não poderão perder este atrativo passeio. Em encantadoras galerias de estilo mediterrâneo se instalam diversas bancas de artesanatos (enfeites, roupa, acessórios, brinquedos, pinturas, esculturas) que hipnotiza aos visitantes passo a passo. No pátio de entrada geralmente há espetáculos teatrais e musicais à noite.

La Cascada: Este Parque Municipal é conhecido pela sua cascata de cinco metros de altura, rodeada de árvores autóctones. Além de passeios ecológicos e o interessante Museo de la Fauna, há áreas de jogos infantis e de piquenique para se divertir em família. Também há um grande anfiteatro. O Parque de La Cascada fica sobre a Rodovia 3 (acessível pela Av. Artigas que conecta Piriápolis com Pan de Azúcar).

Cerro Pan de Azúcar: Com mais de 380 metros de altura, este cerro protagoniza todas as paisagens da zona. Já seja a pé o de carro, não há que perder a oportunidade de subir à cima. Onde se localiza a icônica cruz de 35 metros de altura. No interior da cruz, uma escada em forma de caracol leva aos altos, onde a vista é insuperável. Na base do Cerro Pan de Azúcar há uma didática reserva natural onde convivem espécies de fauna e flora autóctones. As crianças também desfrutam dos jogos de madeira instalados junto à reserva.

 

 

 

Sierras de las Ánimas: Do cruzamento da Rodovia Interbalnearia com a 9 até chegar a Lavalleja, se estende esta cadeia de montanhas que inclui a elevação mais alta do país, o Cerro de las Ánimas, com 501 metros de altura. Para aceder a este cerro de carro há que ir pelo Parador Los Cardos sobre a Rodovia 9. Os aventureiros poderão subir a pé em um grupo guiado, seis quilômetros de sendas até o mirador da cima.